Mais uma empresa de consultoria de diversidade nos games envolvida em polêmicas

Agora, a polêmica é entre o That Park Place e a Black Girl Gamers.
às
2 min de leitura
2 min de leitura
às
images

Para quem está por dentro do mundo dos games, não é mais novidade toda a polêmica envolvendo a Sweet Baby Inc. A empresa canadense que tem como objetivo trazer diversidade aos jogos, esta no centro de uma polêmica com um usuário da Steam. O usuário fez uma lista dos jogos em que há mensagem ideológica, para avisar aos jogadores sobre o conteúdo.

Pois bem, agora outra empresa parece estar entrando em uma grande polêmica. A Black Girl Games, uma empresa que visa a inclusão de mulheres negras, não binárias e LGBTQIA+ no mundo dos games. A Black Girl se auto intitula uma organização comunitária, multiplataforma e inclusiva, que mantém mais de 10.000 mulheres negras seguras e on-line.

Segundo o That Park Place, a Black Girl Gamers promove contratações descriminatórias, enquanto dizem estar sendo assediadas. Para dar base em sua denúncia, eles usaram um tweet da própria Black Girl Gamers, onde diz:

Procurando mulheres negras criadoras de conteúdo que façam conteúdo de Dungeons & Dragons (D&D) para algum trabalho de marca em potencial!”

O That Park Place alega que ao frisar “mulheres negras”, a empresa comete discriminação, limitando os candidatos com base na cor da pele e do gênero. E para completar, o That Park ainda levantou uma outra polêmica.

Segundo eles, a empresa inclusiva ainda diz que as mulheres estão sofrendo assédio sem apresentar prova alguma. Novamente, usaram um tweet da Black Girl Gamers para corroborar o que dizem.

“A quantidade de assédio que tivemos recentemente devido a este ‘Gamergate 2’ não é surpreendente. Os jogadores que pensavam que a indústria girava em torno deles e do seu conforto agora estão percebendo que isso não acontece. Recebemos e-mails, comentários e ameaças, mas você sabe que NÃO VAMOS A NENHUM LUGAR”

Se você não sabe, o GamerGate foi uma campanha organizada para combater o feminismo e o progressismo nos jogos de vídeo game.

Em suma, a Black Girls Games já se manifestou sobre o assunto. Por fim, ela declarou que irá mover uma ação legal contra o That Park Place.

Recomendamos a vocês

Curtiu? Então da uma olhada nessa seleção de recomendados!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em Linha
Ver todos os comentários