Protagonista de “The Acolyte” diz que objetivo da série é atingir “pessoas brancas”

Mais uma declaração polêmica de Amandla Stenberg
às
5 min de leitura
5 min de leitura
às
images (10)

A série “The Acolyte” dificilmente será um sucesso com o público. Com apenas dois episódios disponíveis, isto é, os dois de estreia, as avaliações na Rotten Tomatoes já denotam o fracasso que será a série. A produção só conseguiu 28% de aprovação e pelo andar da carruagem, deve continuar caindo no desgosto do público.

Não é de hoje que a Disney não vem agradando aos fãs de “Star Wars” com suas produções. Contudo, tanto a criadora de “The Acolyte”, Leslye Headland, como a protagonista Amandla Stenberg estão dando um show com declarações polêmicas.

Em uma entrevista para o The Wrap, a criadora da produção diz que adora quando se referem a série como a obra “mais gay” de “Star Wars”. Na mesma entrevista, a atriz diz que todos os nerds são gays.

E em entrevista no programa The Daily Show, com o entrevistador Trevor Noah, Amandla Stenberg deu uma declaração que deixará os fãs bem insatisfeitos, pelo menos, uma parte deles.

A atriz declarou que o objetivo do seu papel e da série é fazer com que as pessoas brancas chorem. A resposta veio quando o entrevistador a indaga sobre o “hate” que vem recebendo de alguns fãs.

Pessoas brancas chorarem, na real, é o objetivo”

Os episódios de “The Acolyte” estão sendo lançados na Disney+ todas as terças feiras.

Recomendamos a vocês

Curtiu? Então da uma olhada nessa seleção de recomendados!

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks em Linha
Ver todos os comentários